Palavras Cruzadas / Humor

4 respostas

  1. Alexandre disse:

    Fui o primeiro. O 35 e o 32 eu não sabia, aprendi. Quanto à ideia, acho legítimo esses movimentos de boicote. Desde que não haja imposição coercitiva pra um outro lado, Tenho direito de fazer campanha contra o filme do Brasil Paralelo ou do Marighella. Apresento meus argumentos, ouve quem quer. PESsoalmente concordo com o Didi, piadas com religião são agressoras.

  2. Milton disse:

    Sou agnóstico, mas penso que o extremismo está no achincalhamento da religião e dos valores cristãos predominantes para a maioria dos cidadãos brasileiros! Erra a Net Flix em presentear muitos dos seus assinantes com esse especial de fim de ano, justamente por ocasião do Natal!

  3. admario rocha de azevedo disse:

    Eu vi 3 vezes e adorei o filme da tentação de Cristo. Insinuar que Jesus era gay é ofensa? Então ser gay deve ser a pior coisa diante de Deus. Com tanta merda acontecendo nesse instante no Brasil e a pessoa vai logo ficar estremecida com o filme? Estão sucateando a saúde, educação, a cultura, os empregos, o INSS, o SUS. A policia está matando negros e pobres sem dó, os cachorros estão virando churrasco e a pessoa fica chocada com 1 filme? PQP é muita falta do que fazer!

  4. clodoaldo disse:

    Amo a tradição. Antes de criar qualquer coisa para ser massificada era de se pensar mais, principalmente no que se refere a pessoa de Jesus, mesmo como homem nos seus trinta e poucos anos que aqui viveu. Vamos pesar os prós e os contras Dele e veremos que Ele foi realmente fora de série nas suas convicções de filho de Deus; portanto, não blasfemou; mostrou por a mais b o que prometeu – morreu e ressuscitou verdadeiramente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>